Odontologia

Carreiras

Fonoaudiologia: salário, especializações e dicas para se destacar

Fonoaudiologia: salário, especializações e dicas para se destacar

Se você é um profissional ou estudante da área de Fonoaudiologia, neste artigo trazemos para você informações sobre os salários na área, as especializações e dicas para sua carreira.

Aproveite e conheça os livros da Sanar para Fonoaudiologia!

O que faz um fonoaudiólogo?

Um fonoaudiólogo é um profissional da área de saúde que trata de problemas relacionados à comunicação humana, tanto na audição quanto na fala.

Podem atuar com:

  1. Avaliação e tratamento da fala: ajudam pessoas com dificuldades na articulação correta das palavras, problemas de fluência (como gagueira) e distúrbios de voz.
  2. Avaliação e reabilitação auditiva: trabalham com pessoas com problemas de audição, fornecendo testes auditivos, prescrevendo aparelhos auditivos e oferecendo terapia auditiva.
  3. Linguagem: auxiliam crianças e adultos com distúrbios de linguagem, incluindo atrasos no desenvolvimento da linguagem, distúrbios específicos da linguagem e dificuldades de leitura e escrita.
  4. Disfagia: tratam de distúrbios de deglutição, ajudando pessoas com dificuldades para engolir alimentos ou líquidos.
  5. Reabilitação vocal: trabalham com cantores, professores e outras pessoas que usam muito a voz, ajudando a prevenir lesões e aprimorar a qualidade vocal.
  6. Acompanhamento de pacientes com distúrbios neurológicos: ajudam pacientes que sofreram acidentes vasculares cerebrais, traumatismos cranianos ou têm doenças neurológicas a recuperar habilidades de comunicação perdidas.
  7. Trabalho em equipe: Em muitos casos, os fonoaudiólogos trabalham em equipe com outros profissionais de saúde, como médicos, terapeutas ocupacionais e psicólogos, para oferecer cuidados integrados aos pacientes.

Média salarial na Fonoaudiologia

A média salarial do fonoaudiólogo varia de acordo com a região, experiência, especialização e setor de atuação. Atualmente, não existe um piso salarial nacional unificado para Fonoaudiologia, porém tramita na Câmara de Deputados um Projeto de Lei (PL 2077/2023) que propõe R$ 5.000,00 como piso, e estabelece ainda que a jornada de trabalho do fonoaudiólogo seja de, no máximo, 30 horas semanais.

Atualmente, o salário do fonoaudiólogo em início de carreira gira em torno de R$ 2.000 R$ 4.000 por mês, de acordo com o levantamento feito pelo portal Vagas.

Áreas mais bem pagas na Fonoaudiologia

Segundo o Quero Educação, algumas das áreas mais bem remuneradas na Fonoaudiologia incluem:

  • Fonoaudiólogo em Linguagem: R$ 6.967,17.
  • Fonoaudiólogo Educacional: R$ 6.350,89.
  • Fonoaudiólogo em Voz: R$ 6.332,01.
  • Fonoaudiólogo em Audiologia: R$ 6.243,11.
  • Fonoaudiólogo em Saúde Coletiva: R$ 5.660,23.

As médias salariais acima são aproximadas variam dependendo do local de trabalho, experiência profissional e etc.

As principais áreas de atuação em Fonoaudiologia

  1. Fonoaudiologia Clínica: Envolve o diagnóstico, avaliação e tratamento de distúrbios relacionados à comunicação, incluindo distúrbios da fala, linguagem, voz e audição em crianças e adultos.
  2. Audiologia: Concentra-se na avaliação e reabilitação de distúrbios da audição, incluindo a prescrição e adaptação de aparelhos auditivos, terapia auditiva e acompanhamento de pacientes com perda auditiva.
  3. Fonoaudiologia Educacional: Trabalha em escolas para auxiliar crianças com dificuldades de linguagem, fala ou audição, fornecendo avaliação e intervenção para melhorar suas habilidades de comunicação.
  4. Fonoaudiologia Hospitalar: Atua em ambientes hospitalares, oferecendo suporte a pacientes com distúrbios de comunicação resultantes de condições médicas agudas ou crônicas, como acidentes vasculares cerebrais, lesões traumáticas ou câncer de cabeça e pescoço.
  5. Fonoaudiologia Geriátrica: Especializa-se no atendimento de idosos, ajudando a prevenir e tratar distúrbios de comunicação relacionados ao envelhecimento, como dificuldades de deglutição e perda auditiva.
  6. Fonoaudiologia Ocupacional: Foca na avaliação e tratamento de problemas de comunicação que afetam o desempenho no trabalho, incluindo treinamento vocal para profissionais que fazem uso intensivo da voz, como professores e atores.
  7. Fonoaudiologia em Disfagia: Especializa-se no diagnóstico e tratamento de distúrbios de deglutição, ajudando pacientes com dificuldades para engolir alimentos sólidos e líquidos de forma segura.
  8. Fonoaudiologia em Estética Facial: Atua no desenvolvimento de técnicas para melhorar a estética facial por meio do aprimoramento da função muscular, como em casos de paralisia facial.

Vale a pena fazer concurso para Fonoaudiologia?

Fazer concurso para a área de Fonoaudiologia pode ser vantajoso para quem busca estabilidade, segurança e oportunidades de crescimento profissional. Os concursos públicos oferecem salários fixos, benefícios e a possibilidade de progressão na carreira. Confira três vantagens da carreira pública:

  1. Estabilidade e segurança: Concursos públicos oferecem estabilidade no emprego, que é um direito que previsto na Constituição Federal para o servidor público, e garantem segurança financeira.
  2. Oportunidades de crescimento: Possibilidades de progressão na carreira, aumento salarial, bonificações e promoções.
  3. Variedade de áreas de atuação: Na Fonoaudiologia há várias áreas de atuação e os concursos públicos podem oferecer oportunidades para profissionais especialistas.

Confira os editais abertos com vagas de concurso para Fonoaudiologia!


Residência Multiprofissional para Fonoaudiólogos

Residência Multiprofissional é uma ótima oportunidade para quem está no início da carreira. Esse modelo de formação, que prioriza o aprendizado em serviço, assegura formação prática com a supervisão de profissionais experientes, além de boa remuneração.

A partir de 1º de janeiro de 2022, a bolsa para todos os profissionais de saúde residentes, em regime especial de treinamento em serviço de sessenta horas semanais, é de R$ 4.106,09 bruto.

Aqui estão algumas das principais residências em Fonoaudiologia no Brasil, considerando a diversidade de áreas de atuação:

  1. Hospital das Clínicas de São Paulo (HC-FMUSP): Oferece programas de residência em Fonoaudiologia em diversas áreas, incluindo Audiologia, Fonoaudiologia Hospitalar, Fonoaudiologia Neurofuncional e Fonoaudiologia em Disfagia.
  2. Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/USP): Oferece residência em Fonoaudiologia com ênfase em Anomalias Craniofaciais, com foco no tratamento de pacientes com fissuras labiopalatinas e outras malformações craniofaciais.
  3. Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP): Possui programas de residência em Fonoaudiologia em áreas como Audiologia Clínica e Educacional, Fonoaudiologia Hospitalar e Fonoaudiologia Neurofuncional.
  4. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG): Oferece residência em Fonoaudiologia Hospitalar no Hospital das Clínicas da UFMG, com foco no atendimento a pacientes internados em diversas especialidades médicas.
  5. Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA): Oferece programa de residência em Fonoaudiologia Hospitalar, com ênfase no atendimento a pacientes internados em UTIs e unidades hospitalares.
  6. Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (IPSEMG): Oferece residência em Fonoaudiologia com ênfase em Saúde do Trabalhador, abordando questões relacionadas à saúde vocal e auditiva de profissionais que fazem uso intensivo da voz.

Dicas para se destacar na carreira em Fonoaudiologia

  1. Aprenda sempre: Mantenha-se atualizado com o que há de novo na área.
  2. Seja bom em se comunicar: Boas habilidades de comunicação são essenciais para trabalhar com pacientes e colegas.
  3. Especialize-se: Considere focar em uma área específica da Fonoaudiologia.
  4. Construa sua rede: Faça contatos na área da saúde para oportunidades futuras.
  5. Mostre suas habilidades: Destaque suas qualificações em currículos e perfis profissionais.
  6. Pense em empreender: Abrir sua própria clínica pode ser uma opção.
  7. Aceite feedback: Aprenda com feedbacks de colegas e pacientes.
  8. Contribua para pesquisas: Se possível, participe ou conduza estudos na área.
  9. Cuide de si mesmo: Mantenha um equilíbrio saudável entre trabalho e vida pessoal.
  10. Seja ético: Pratique a profissão de maneira responsável e ética.

Investir na sua carreira como Fonoaudiólogo é fundamental para se destacar. Escolher uma especialização, se manter atualizado, desenvolver habilidades na sua área de interesse e construir uma rede de contatos podem abrir portas para o sucesso. Com esses passos, você se tornará um profissional diferenciado e estará no caminho certo para uma carreira de sucesso em Fonoaudiologia.

Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.
Cadastre-se para ter acesso personalizado ao conteúdo completo da Sanar.